sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Revista discute conciliação e videoconferência

A edição nº 33 da revista eletrônica Justiç@, editada pela Justiça Federal (Seção Judiciária do DF)*, traz à discussão dois temas importantes ao Judiciário, a conciliação nos tribunais e o uso cada vez mais acentuado das videoconferências.

Sobre conciliação, a desembargadora federal Maria do Carmo Cardoso explicou o funcionamento do projeto "quero conciliar", em que as partes manifestam - pela internet - o desejo de buscar modos alternativos de solução para seus processos, independentemente do assunto e valor da causa.

O tribunal iniciou também parcerias com a Advocacia-Geral da União e com a Caixa Econômica Federal - tradicionais "clientes" da Justiça Federal - para aumentar o número de acordos, conciliações e desistência de recursos. Outra matéria aborda exatamente os resultados das parceiras firmadas pelo tribunal. Em um único dia, a Caixa teria recuperado R$ 2,4 milhões em 85 audiências realizadas.

O uso da videoconferência na rotina do tribunal também mereceu destaque. A revista traz artigo do juiz federal Vallisney de Souza Oliveira sobre a oralidade nas audiências realizadas à distância: "se cumpridas exigências legais, não há violação a qualquer princípio ou direito da parte", além de levar à diminuição do uso das cartas precatórias.

Ainda sobre o tema, há uma reportagem sobre o funcionamento da Central de Videoconferências do TRF/1.
_____
Confira a revista Justiç@.

* Informação corrigida após comentário do editor da revista.

Um comentário:

Gilbson Alencar disse...

Ricardo, ilustre editor, apenas uma pequena correção: a Revista Justiç@ é elaborada e editada pela Justiça Federal - Seção Judiciária do DF e não pelo TRF-1ª Região.
Forte abraço.

Gilbson Alencar